terça-feira, 10 de fevereiro de 2009

Filosofando sobre homenagens recebidas

Os mais antigos costumam dizer que quando você começa a receber homenagens é porque está fazendo algo de bom na vida... Ou então está ficando velho!
Este pensamento me veio à mente no momento em que o produtor cultural Rogério Pinto de Castro veio à minha residência especialmente para me entregar um troféu intitulado “Amigo da Cultura”, em agradecimento ao apoio que sempre dei ao “Festival de Quadrilhas do Cumpadre Rogério”, que ele realiza há 15 anos na praça Ari de Sá Cavalcante, no Parque Araxá.
Como se sabe, no dia 15 de janeiro eu havia recebido outra homenagem na AABB de Itapipoca, no caso um “Certificado de Participação”, concedido pela jornalista e publicitária Lúcia Barros, em agradecimento ao trabalho de redação que realizo há sete anos no jornal “O Regional”, que circula por vários municípios do Vale do Curu e Baixo Acaraú.
Será que estou mesmo fazendo algo de bom na vida? Ou será que já estou velho?

Legenda da foto:

JM exibindo o troféu “Amigo da Cultura”, concedido pelo “Festival de Quadrilhas do Cumpadre Rogério”

6 comentários:

Antônio Medeiros disse...

Eu vi assim: JM recebendo um trofeu. Eu fui olhar prá ver se era José Monte. hoje foi que fui ver essa coincidência.
e que tanta homenagem é essa? Vamos criar uma candidatura a vereador

Graça Freitas disse...

Menino, q chique.

José Monte disse...

Olha ai camarada, parabens pelo trofeu. Você merece.

Izaíra disse...

Mas meu Primo,
À proporção que o tempo passa, a gente aprender a fazer mais coisa boa, mas... ... tb fica mais velho! E isto é uma bênção, não um problema!
Tudo bem!
Parabens pelo troféu! Arrrrasou!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Beijos

Catarina Diogo disse...

oi juracy...
receber homenagens!!!
mais q provado sua produção atividade gente q faz...
parabéns merecido.

tudo de bom pra VC...
um ABração

Mercês Teixeira disse...

oi jura.
seria bom agora vc arrumar uma estante só para as homenagem, sua fisiolofia estar certa, não sabemos definir de uma coisa ou outra