quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Três tópicos da coluna "Circulando" de janeiro

Meus amigos Francisco Saraiva e Clara Oliveira de Brito completaram, no dia 9 de novembro, 57 anos de feliz união, data especial que foi comemorada junto aos filhos Antônio Jucier, Elizabeth, Bernardete, Lúcia de Fátima e outros integrantes do seu vasto círculo de parentes e amigos. Seu Saraiva e dona Clarinha residem desde 1957 no Parque Araxá (Rua Bernardo Figueiredo, N° 6) e formam um casal que transmite-nos exemplos de lealdade, humildade, fé e perseverança na construção de um mundo melhor para todos. Parabéns!

No mês passado, recebemos na redação do JPA a visita dos jovens Brawlly Paschoal, David Alves, Deborah Bezerra, Janaína Bezerra e Magna Souza, alunos do 3° semestre do Curso de Publicidade e Propaganda da FAC - Faculdades Cearenses, localizada na avenida João Pessoa. Eles estiveram fazendo uma entrevista comigo, como parte de um trabalho sobre Comunicação Comunitária, sob orientação da estimada professora Joana
D’arc Dutra. Detalhe: os meninos mostraram-se admirados com a beleza da lagoa do Porangabussu.


Por falar nisso, na edição de fevereiro vindouro estaremos publicando uma matéria especial com a jovem Francisca Benício Moreira (a famosa Kika), residente no Rodolfo Teófilo, que acaba de colar grau como Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela FAC. Kika me deixou bastante envaidecido porque o tema da sua monografia, aprovada com louvor e nota máxima, foi a atuação do JPA em prol do crescimento social e econômico dos bairros onde circula. Olha aí, viramos alvo de estudos acadêmicos. Que chique!

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

JPA lamenta o falecimento do senhor Benedito Colares

O Parque Araxá perdeu, no dia 15 de dezembro, um de seus moradores antigos, no caso o senhor Benedito Colares, genitor do professor e empresário Carlos Colares, proprietário da Sociedade de Óculos. Topógrafo aposentado, casado com a senhora Rosa Colares, seu Benedito, natural de Canindé, veio para Fortaleza no final da década de 70, fixando residência inicialmente na rua Azevedo Bolão e depois na avenida Jovita Feitosa, 558.

Era, também, um dos maiores admiradores do Zé da Diva, personagem principal da coluna de piadas do JPA. Inclusive, uma boa parte das estórias atribuídas ao Zé da Diva nos foram contadas por ele. Nos últimos anos, com problemas na visão, quando recebia os exemplares do nosso jornal, seu Benedito pedia a quem estivesse por perto para ler a coluna de piadas. Quando a pessoa terminava a leitura, ele dava uma gostosa gargalhada e dizia: “Ô cabôco sem futuro, esse Zé da Diva!”

Fazemos questão de externar este detalhe para lembrar que seu Benedito era um homem alegre, brincalhão, que tinha sempre um sorriso nos lábios e uma palavra de incentivo para quem estivesse ao seu redor. Sinceros pêsames da equipe do JPA para Carlos Colares, dona Rosa e demais parentes e amigos da família enlutada.

(Texto a ser publicado na edição de janeiro/2011 do JPA)

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Protesto quase solitário

Fiquei simplesmente injuriado com os parlamentares nos quais votei nas últimas eleições, pois eles foram favoráveis ao reajuste de seus próprios salários num percentual acima de 60%, o que é uma verdadeira afronta à realidade dos trabalhadores brasileiros. Por conta disso, enviei-lhes correspondências mostrando minha decepção e informando que não devem mais contar com o meu apoio quando forem tentar suas reeleições.

Sei perfeitamente que meu protesto não surtirá efeito algum, mas se todos os cidadãos e cidadãs fizessem o mesmo, com certeza os senadores, deputados e vereadores pensariam duas vezes antes de votarem a favor de um aumento tão absurdo e imoral. O problema é que, no Brasil, no dia seguinte após as eleições, quase ninguém lembra mais os nomes dos candidatos em que votou. Aí fica difícil, né?

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Um e-mail mui amável

Peço permissão a vocês, caríssimos leitores e leitoras, para publicar neste blog um e-mail mui amável que recebi da amiga Ana Paula Gouveia, que mora no Parque Araxá. Vejam só o que ela escreveu:
Olá, Sr. Juracy Mendonça. Meu nome é Ana Paula, moro no Parque Araxá (Rua Major Pedro Sampaio, perto da Pamil), leio seu JPA todos os meses e quase todos os dias dou uma olhada no seu blog, para saber das novidades do meu bairro.
Estou escrevendo para elogiar o texto que o senhor escreveu no dia 24/12, agradecendo as pessoas que lhe ajudam a desenvolver seus trabalhos como jornalista e músico. Gostei principalmente da parte onde o senhor diz que procura “trabalhar com dignidade, sem propagar a violência, a degradação humana, enfim, os maus costumes...”
Queria que soubesse que admiro o JPA exatamente por isso. Porque o senhor não faz sensacionalismo, não promove a violência, baixarias e nem ridiculariza os seres humanos, como se vê por aí em muitas músicas e nos programas de rádio e televisão.
Espero que continue assim, pois se todos os comunicadores tivessem a mesma linha de conduta, com certeza o Brasil seria um país melhor para se viver.
Um abraço e feliz 2011
Da amiga e admiradora: Ana Paula Gouveia

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Obrigado por mais um ano!


O ano que está terminando pode ser definido para mim como um período de significativas conquistas individuais e coletivas. Ou seja, teve mais ações positivas do que negativas, “tanto no pessoal, quanto no profissional”, como diz o intragável Faustão. E a maior delas, sem dúvida alguma, foi a aquisição dos novos equipamentos de som, cujos frutos já começaram a ser colhidos e apontam na direção de uma mudança profissional em 2011, quando o jornalismo deverá, pouco a pouco, ceder mais espaços à parte musical.
Por isso, nestes dias festivos, de Natal e Reveillon, quero externar meus sinceros agradecimentos a todos aqueles e aquelas que, de uma maneira ou de outra, contribuíram para o êxito dessas ações, possibilitando a mim passar mais um ano trabalhando com dignidade, sem propagar a violência, a degradação humana, enfim, os maus costumes, como fazem os jornalistas e artistas que buscam o sucesso fácil explorando a ignorância da maioria do povo brasileiro.
Muito obrigado, amigos e amigas! Feliz Natal, e que Deus continue iluminando todos os nossos caminhos no ano novo que se aproxima...

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

sem tempo pra postar

Desculpem a ausência de post nos últimos dias. É que estou praticamente sem tempo essa semana, fechando três edições de jornais (uma do JPA e duas do O Regional) e alugando meus equipamentos de som para eventos particulares. Mas amanhã eu prometo que vou colocar uma mensagem de Natal bem bonita para vocês, meus queridos e minhas queridas!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Uma nova poesia...

Na semana passada, em meio à correria do dia-a-dia, me veio a inspiração para fazer essa poesia. Gostaria que vocês, meus diletos leitores e leitoras, me dissessem se os versos estão bem colocados, se a obra tem lógica do começo ao fim... Enfim, se vale a pena eu colocar uma melodia e transformá-la em música. Aguardo respostas:


MINHA ESTRELA
Autor: Juracy Mendonça

Minha estrela reluzente

Mil motivos pra viver

É você o meu presente

É você meu bem querer


Minha estrela que ilumina

Que me encanta e me seduz

É você, minha menina

É você, raios de luz


Fico assim, nessa agonia

Querendo que chegue o dia

De você vir pra ficar

Torcendo pra que dê certo

Pra você vir pra bem perto

Pra eu poder lhe abraçar


Espero que a moça venha

Que seu recato contenha

E diga que vai me amar

Espero que arrume um jeito

De ficarmos peito a peito

A sós, em algum lugar

sábado, 18 de dezembro de 2010

Show de MPB ao vivo na Bodega Virtual

E aí, você está a fim de ouvir MPB ao vivo, batendo papo com parentes e amigos, degustando petiscos variados, as melhores pizzas de Fortaleza e tomando umas "loiras" bem geladas?

Então, uma boa dica é marcar presença hoje à noite, a partir das 21 horas, na Pizzaria Bodega Virtual, um lugar bacana, aconchegante, que fica na Praça do Jardim América (bem na esquina das ruas Delmiro de Farias e Carlos Câmara), onde eu e os amigos-artistas José Monte e Edu estaremos interpretando grandes clássicos da nossa Música Popular Brasileira.

Se você for, a gente se vê por lá!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Detalhes do show do Fagner


Raimundo Fagner correspondeu plenamente às expectativas do público que esteve ontem à noite em frente ao Theatro José de Alencar para vê-lo cantando músicas que marcam sua longa trajetória artística.
- Eu e Marinete chegamos à praça por volta das 18h30m, objetivando ficar bem perto do palco. Deu certo.
- Respeite o aparato tecnológico montado para o show, principalmente porque seria transmitido ao vivo por duas emissoras de televisão (TV Diário e TV Ceará).
- Fagner apareceu no palco exatamente às 20h10m, cantando a música "Fortaleza", que ele e Fausto Nilo fizeram em homenagem ao transcurso dos 280 anos da capital cearense.
- Depois vieram "Mucuripe", "Canteiros", "Deslizes", "Revelação", "Noturno", "Eternas Ondas", "Pedras que cantam" e tantas outras.
- Quando cantou as primeiras palavras de "Guerreiro Menino", ele apontou o dedo na direção do governador Cid Gomes, que estava na primeira fila da plateia.
- Fagner me surpreendeu ao colocar no repertório a belíssima "Chorando e Cantando", do Geraldo Azevedo. Foi a primeira vez que o vi cantando essa música.
- O momento de maior emoção para mim foi quando ele interpretou, quase à capela, a emblemática "Vaca Estrela, Boi Fubá", do mestre Patativa do Assaré.
- Destaque também para o encerramento, com a música "Então é Natal", que foi acompanhada de uma sairavada de fogos.
- A banda, como sempre, era composta de músicos tarimbados, com destaque para o cearense Cristiano Pinho (guitarra solo).
- Voltei para casa feliz da vida e imaginando que um dia ainda vou ver o meu filho Thiago tocando teclados na banda do Fagner. Quem sabe, né?

Show do Fagner: estarei lá!

Raimundo Fagner Cândido Lopes é o único artista do mundo inteiro do qual eu sou um autêntico tiete. Acompanho a trajetória musical dele desde o final da década de 70. Tenho sua coleção quase completa, misturando LPs, CDs e DVDs. Nas minhas apresentações que faço por aí afora, boa parte do repertório é composta de músicas como "Canteiros", "Deslizes", "Revelação", "Noturno", "Eternas Ondas", "Fumo", "As rosas não falam", "Riacho do Navio", "Último pau-de-arara", "Pedras que cantam" e tantas outras gravadas por este "cabra da peste" que é bom não apenas por ser cearense, mas por reunir diversas qualidades como intérprete, músico e compositor. Por tudo isso, estarei hoje à noite na praça José de Alencar, para prestigiá-lo mais uma vez, como tenho feito nestes últimos 30 anos. Quem quiser me encontrar por lá, pode me procurar nas primeiras filas, próximo ao palco.
Eu e o Fagner durante um encontro no Estúdio Ararena, em Fortaleza

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Velha Infância

Você é assim, um sonho pra mim
E quando eu não te vejo
Eu penso em você desde o amanhecer
Até quando eu me deito...
Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo é o meu amor...

E a gente canta, e a gente dança
E a gente não se cansa
De ser criança, a gente brinca
Na nossa velha infância...

Seus olhos meu clarão
Me guiam dentro da escuridão
Seus pés me abrem o caminho
Eu sigo e nunca me sinto só...

Você é assim, um sonho pra mim
Quero te encher de beijos
Eu penso em você, desde o amanhecer
Até quando eu me deito...
Eu gosto de você
E gosto de ficar com você
Meu riso é tão feliz contigo
O meu melhor amigo
É o meu amor...

http://www.youtube.com/watch?v=70uewTLOZ4s

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Eu e as delícias do Beach Park

Pense num final de semana bacana!
Começou na sexta-feira, quando eu, Edu e Jotinha fizemos nossa estreia na Pizzaria Bodega Virtual, contando com um bom público, inclusive amigos e admiradores que nos acompanhavam desde os tempos do Belas Artes e Steak House. O sucesso foi maior no sábado, quando meti o pau a cantar boleros, sambas e outros clássicos da MPB dos anos 60, 70, 80 e 90. Aí tivemos a presença de outros amigos, com destaque para Antônio Medeiros, que veio diretamente de Caucaia para nos prestigiar.
No domingo, de surpresa, peguei meu Pombo Branco e fui bater no Beach Park, acompanhado da Marinete, Thais, Thiago, Aline e os amigos Tuca, Marcelo, Aninha, Josy e Ana Paula. Passei o dia inteiro nos brinquedos, sentindo no peito uma enorme vontade de voltar a ser criança para aproveitar melhor aquelas delícias.
Detalhe: hoje eu amanheci todo quebrado!


Passamos um bom tempo nessa piscina, esquecidos do mundo!

Galera ficou provocando para eu descer no Insano. Perguntem se eu fui!

sábado, 11 de dezembro de 2010

JPA começa a circular segunda-feira!

Começa a circular nesta segunda-feira, dia 13, a edição especial de dezembro do JPA, que vem com 12 páginas e muitas novidades sobre o que está acontecendo no Parque Araxá, Parquelândia e Rodolfo Teófilo. vejam os principais destaques:
- O editorial é em forma de agradecimento aos nossos anunciantes, assinantes, leitores e colaboradores, desejando-lhes Feliz Natal e Próspero Ano Novo
- O artigo "Questão de Boa Aparência”, de autoria de Antonio Diogo Fontenele de Lima (Poeta, odontólogo e doutorando em Sociologia pela UFC)
- Moradores continuam pedindo ônibus ligando avenida Jovita Feitosa aos terminais da Lagoa e Parangaba
- Etufor informa que não há nenhum projeto para criação de uma nova linha de ônibus
- Parquelândia comemora 50 anos
- O artigo "Limites da Parquelândia também geram polêmica", de autoria de Domingos Gomes do Nascimento (Professor e líder comunitário)
- “Academia na Comunidade”: quatro anos em busca de uma vida saúdável
- O artigo "As lições que ficaram das eleições de 2010", de autoria de João Ricardo Franco Vieira (Defensor Público e Secretário Municipal de Defesa do Consumidor - PROCON Fortaleza)
- Piada: o dia em que Zé da Diva virou mulher!
- Mercadinho Pantanal promove sorteio de 15 prêmios com seus clientes
- Panificadora Pamil prepara kits para a sua ceia natalina
- Fotos do show que marcou o meu aniversário natalício, no dia 27 de novembro, no Albertu’s Restaurante
- Os comentários da coluna "Circulando", com a relação de aniversiantes do mês;
- Doar sangue: um grandioso gesto de solidariedade

A falta de sinalização horizontal na esquina das ruas Padre Cícero e Major Pedro Sampaio (Parque Araxá), onde quase todos os dias acontecem acidentes envolvendo carros e motos, também é destaque na edição n° 131 do JPA

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Convite renovado

A partir de hoje começo a colocar em prática, literalmente, meu projeto de voltar a cantar na noite... De ter um lugar como referência para os amigos e possíveis admiradores que quiserem me ver interpretando grandes clássicos da nossa Música Popular Brasileira.

Eu e os amigos-artistas José Monte e Edu estaremos nas sextas e sábados de dezembro na Pizzaria Bodega Virtual, um lugar bacana, aconchegante, que fica na Praça do Jardim América, bem na esquina das ruas Delmiro de Farias e Carlos Câmara, num show de vozes, violões e teclados, com músicas românticas, boleros, rock, jovem guarda etc.

Eis, então, uma boa dica para você que está a fim de ouvir MPB ao vivo, batendo papo com os amigos, degustando petiscos variados, as melhores pizzas de Fortaleza, e tomando umas "louras" bem geladas!

Tomara que você não venha a dizer: "Vou não, quero não, posso não, minha mulher num deixa não"!

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

JPA perde uma grande incentivadora

A edição especial de dezembro do JPA, que vem com 12 páginas, está super atrasada. Apareceu um problema na máquina que imprime o jornal, na Colox Max, e o resultado é que até agora não recebemos os exemplares. O cara da gráfica me informou ontem que isso deve ocorrer amanhã, sexta-feira. Aí, sim, iniciaremos a distribuição pelas residências, empresas, colégios, igrejas e outros pontos do Parque Araxá, Parquelândia e Rodolfo Teófilo.
Por falar em JPA, domingo eu senti uma forte emoção ao visitar a família da minha prezada e estimada amiga Clemilda Assunção Barros, que faleceu no dia 28 de novembro. Ela era professora aposentada, trabalhou durante muitos anos nos colégios Félix de Azevedo (Rodolfo Teófilo) e José Tupinambá da Frota (Bela Vista). Era assinante do JPA desde 2001 e residia há vários anos na rua José Sombra, 470, esquina com Padre Guerra.
Durante a visita, fiquei sabendo que, dias antes de sua partida, ela fez quatro pedidos às irmãs:
1) Doar seu amado fusca para uma sobrinha a quem ela muito gostava;
2) Armar a árvore de Natal que ela armava com muito carinho na sala de sua casa há várias décadas;
3) Continuar apoiando a comunidade indígena dos tapebas, em Caucaia;
4) Continuar pagando a assinatura anual do JPA.
Foi demais para este coração velho de guerra, que não se cansa de vivenciar fortes emoções. Por isso que saí de lá com os olhos marejados de lágrimas.
Fique com Deus, dona Clemilda.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

MPB ao vivo na Bodega Virtual

E aí? Você está a fim de ouvir MPB ao vivo, batendo papo com os amigos, degustando petiscos variados, as melhores pizzas de Fortaleza, e tomando umas "louras" bem geladas? Então, uma boa dica é marcar presença na Pizzaria Bodega Virtual, localizada em frente à Praça do Jardim América. Eu e os amigos José Monte e Edu estaremos por lá nas sextas e sábados de dezembro, a partir das 21 horas, num show de vozes, violões e teclados, privilegiando a época de ouro da MPB (românticas, boleros, rock, jovem guarda etc). Vumbora lá sexta-feira, prestigiar a nossa estreia?

Os artistas Zé Monte (Jotinha) e Edu estarão comigo nas sextas e sábados de dezembro na Bodega Virtual

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Parquelândia comemora 50 anos

A Parquelândia está completando 50 anos de existência. O bairro, que até o início da década de 50 do século passado chamava-se Coqueirinho (devido à existência de uma floresta repleta de coqueiros às margens de inúmeros lagos), experimentou um significativo crescimento social e econômico nos últimos anos, transformando-se num dos mais prósperos de Fortaleza, notadamente por conta da proximidade do Centro da cidade. É, também, um reduto de poetas, músicos, políticos e jornalistas, já tendo revelado nomes como Eliomar de Lima, Cid Carvalho, Glaydson Carvalho, Falcão, Belchior, Waldonys, Clarêncio, Tarcísio Sardinha e Patrícia Lima, dentre outros.

E a Liga Park (Associação Liga de Cultura e Desporto da Parquelândia) resolveu elaborar uma programação especial para comemorar essas Bodas de Ouro, contando com apoio da Prefeitura Municipal de Fortaleza, através da Secretaria Executiva Regional III. A festa aconteceu no sábado passado, dia 4, na Praça Natanael Cortez, por trás da Escola Monsenhor Linhares. Durante o dia inteiro tivemos prestação de serviços como verificação de pressão arterial, glicemia, flúor para crianças, vacinação humana e animal, distribuição de mudas, recreação, emissão de documentos como RG, CPF e Carteira de Trabalho, ações do Conselho Tutelar, Detran, AMC e Corpo de Bombeiros, homenagens a alunos das escolas Santo Afonso, Joaquim Nogueira e Monsenhor Linhares e a autoridades como professora Balmira, ex-vereador Raimundo Linhares e Olinda Marques (titular da SER III).

Na parte cultural, a festa contou com apresentações da Legião Brasileira, Academia Jane Ruth, Grupo Sued de Dança e representantes de academias, escolas, grupos folclóricos e igrejas do bairro. Segundo Célio Silva, que faz parte da comissão organizadora, tudo foi feito com objetivo de celebrar a data histórica, demonstrando, assim, o amor que os moradores sentem pelo bairro, bem como o orgulho em valorizar e preservar suas origens.

Praça Natanael Cortez, um dos logradouros históricos do bairro

domingo, 5 de dezembro de 2010

Voltando a cantar na Bodega Virtual

Trago uma boa notícia para você, que gosta de ouvir música ao vivo de boa qualidade, batendo papo com os amigos, degustando alguns petiscos e tomando uma cerveja bem gelada. A partir da próxima semana, eu e os amigos José Monte e Edu estaremos cantando nas sextas e sábados de dezembro, a partir das 21 horas, na Pizzaria Bodega Virtual, localizada em frente à Praça do Jardim América. Estamos montando um show de vozes, violões e teclados, privilegiando a época de ouro da MPB (românticas, boleros, rock, jovem guarda etc.), objetivando levar alegria e entretenimento aos frequentadores da referida casa noturna.
E você, desde já, está convidado para prestigiar a nossa estreia!

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Esquina perigosa


As autoridades ligadas ao trânsito de Fortaleza bem que poderiam colocar uma sinalização horizontal na esquina das ruas Padre Cícero e Major Pedro Sampaio, no Parque Araxá (foto), onde quase todos os dias acontecem acidentes envolvendo carros e motos, principalmente depois que a Prefeitura recapeou o asfalto da Major Pedro Sampaio, que não é a preferencial. Enquanto não se toma uma providência oficial, os moradores da área resolveram colocar uma faixa por conta própria, objetivando minimizar os transtornos causados a quem transita por aquele trecho.
(Matéria transcrita do JPA de dezembro)

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

“Academia na Comunidade”: quatro anos em busca de uma vida saúdável

O projeto “Academia na Comunidade”, que acontece nas terças e quintas-feiras pela manhã (de 6h30m às 7h30m) e à tarde (de 17 às 18 horas), nas margens da lagoa do Porangabussu, está completando quatro anos de atividades, atraindo cada vez mais pessoas de diferentes comunidades do Rodolfo Teófilo e bairros adjacentes, que aproveitam a beleza do lugar para participar de aulas de alongamento e ginástica localizada, além de assistirem a palestras sobre assuntos relacionados à busca de uma vida saudável.

A iniciativa, que tem à frente a educadora física Herlane Jeane, é da Prefeitura Municipal de Fortaleza, através da Secretaria de Esporte e Lazer. “Temos alunos de todas as faixas etárias. Homens, adolescentes e até crianças. Mas a maioria é composta de mulheres adultas, que são estimuladas a sair do sedentarismo, fazendo exercícios e participando de atividades que servem também para levantar a auto-estima e fazer com que elas marquem presença de forma mais ativa no convívio social. Começamos aqui na base do grito, mas hoje já contamos com ponto de luz, um equipamento de som... Ou seja, as coisas estão melhorando”, afirma Herlane.

Segundo ela, as aulas são variadas, para fugir da rotina, e os alunos e alunas interagem também por meio da comemoração de aniversários e datas festivas, Dia das Crianças, Natal etc., com recursos conseguidos através da realização de bingos e bazar. “Aqui ninguém paga nada. Basta chegar e entrar no embalo. O importante é que cada pessoa se sinta estimulada a ter uma melhor qualidade de vida, aproveitando o privilégio de fazer exercícios em meio a esse belo visual proporcionado pelos encantos naturais da lagoa. O comparecimento, por dia, fica entre 40 e 60 pessoas. Mas tem dia que chega a 70”, ressalta a professora, sempre sorridente.

A comemoração dos quatro anos do projeto “Academia na Comunidade” vai acontecer no dia 4 de dezembro, às 16 horas, na pracinha do Bairro João XXIII, juntando representantes dos 26 núcleos espalhados pela cidade inteira.


Os moradores aproveitam a beleza do lugar para
participar de aulas de alongamento e ginástica localizada

(Matéria transcrita do JPA de dezembro)

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Editorial do JPA de dezembro

Adentramos no mês de dezembro, como sempre acontece, preparando as festividades natalinas, comemorando, assim, mais um ano do nascimento de Jesus Cristo, o mensageiro maior da paz e do amor entre os homens e mulheres de boa vontade.

E é neste clima de magia e solidariedade que nos dirigimos mais uma vez a vocês, anunciantes, assinantes e demais colaboradores e leitores do JPA, para agradecer pelo apoio que temos recebido para continuar com este trabalho cuja missão é a mesma desde 1997: estabelecer a concretização de negócios e estreitar os laços de amizades entre as diversas comunidades do Parque Araxá, Parquelândia e Rodolfo Teófilo. Sem essa força, claro, seria praticamente impossível nosso jornal circular todos os meses, divulgando empresas, eventos e moradores que contribuem para o crescimento dos referidos bairros e suas adjacências.

Sabemos perfeitamente que estamos contrariando os arautos da globalização. Para eles, ser modernos é esquecer suas origens, seus parentes e amigos, e valorizar somente o que vem do sul do país e do estrangeiro. Mas nós estamos dispostos a permanecer na luta, mesmo sabendo que ela fica a cada dia mais difícil, principalmente pela nossa determinação em não abrir mão desta linha editorial independente dos interesses de grupos econômicos e/ou políticos.

Aproveitamos esse momento de festas para desejar-lhes um Feliz Natal, rogando a Deus para que Ele, em sua infinita sabedoria, venha a iluminar as mentes dos nossos dirigentes, principalmente da primeira mulher eleita para presidir o Brasil, Dilma Rousseff; e do governador reeleito do Ceará, Cid Gomes, para que nos próximos quatro anos a população brasileira tenha paz, saúde e amor, resultando na felicidade que tanto buscamos através da realização de projetos individuais e coletivos. Boas Festas!

domingo, 28 de novembro de 2010

Amizade e bem-querer!

A festa de inauguração dos meus novos equipamentos de som, que marcou também o transcurso do meu aniversário natalício, foi show de bola! Vários parentes e amigos marcaram presença, com destaque para os artistas José Monte, Eduardo, Neto e Antônio Medeiros, que dividiram comigo a parte musical.

Alguns convidados desobedeceram o meu aviso de que não precisavam levar presentes. Por isso, acabei ganhando um bocado de coisas: camisas, sapatos, uísque, perfumes, sabonetes... Mas o maior presente, sem dúvida, quem deu foi meu irmão Juari. Através dele, antes da festa, recebi uma ligação telefônica de Raimundo Fagner, que me parabenizou pela data e disse que qualquer dia quer me ver cantando as músicas dele.

Aproveito o espaço para agradecer a todos aqueles que compareceram ao Albertu's Restaurante, bem como aos que não foram mas fizeram questão de justificar suas ausências. Valeu pela amizade e bem-querer.

Vejam, a seguir, alguns flagrantes do evento:

JM cantando com Neto nos teclados

Galera do "Piramba" marcando presença

Betinha, Edval, Gláucia, Yara e Nathalia

Com o publicitário Jari Cavalcante e sua bela namorada

Com os amigos Toinho Medeiros e Clécia

Eu e minha irmã Juralice

Minha irmã Fátima e a galera do "Piramba"

Eu, professora Nádia Dutra e doutor João Ricardo

Marinete, Juralice e Gláucia

Eu e o grande tecladista José Monte

sábado, 27 de novembro de 2010

Diz Que Fui Por Aí

(Zé Keti / Hortêncio Rocha)

Se alguém perguntar por mim
Diz que fui por aí
Levando um violão debaixo do braço
Em qualquer esquina, eu páro
Em qualquer botequim, eu entro
E se houver motivo é mais um samba que eu faço
Se quiserem saber se eu volto, diga que sim
Mas só depois que a saudade se afastar de mim

Tenho um violão pra me acompanhar
Tenho muitos amigos, eu sou popular
Tenho a madrugada como companheira
A saudade me dói no meu peito me rói
Eu estou na cidade, eu estou na favela
Eu estou por aí sempre pensando nela

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Detalhes da festa no Albertu's Restaurante

A noitada cultural que vamos promover neste sábado (dia 27), a partir das 20 horas, no Albertu's Restaurante, comemorando meu aniversário natalício e marcando a inauguração oficial dos equipamentos de som que adquiri recentemente, parece que vai ser bem eclética em termos de estilo musical.
* Já confirmaram presença no palco os cantores Elialdo Paixão, Conrado, Sérgio Melo e Edu, os tecladistas Binha e José Monte e o percussionista Carlos Vital. Outros amigos, que também são músicos, ficaram de aparecer por lá para enriquecer o desfile de artistas.
* Preparei um repertório especial para o evento, com destaque para três músicas de minha autoria: "Pirambulando", "Solidão de Poeta" e "O Amor Que Fica".
* Meus filhos Thiago e Thais talvez não compareçam, pois vão cantar e tocar em um casamento, quase no mesmo horário.
* Porém, como a família é cheia de músicos, deveremos ter algumas surpresas durante as apresentações.
Para quem quiser prestigiar a festa, vale lembrar:
* O Albertu's Restaurante fica na Avenida Radialista José Limaverde, na Barra do Ceará, ao lado da ponte Fortaleza-Caucaia.
* A entrada será gratuita (não precisa mostrar convite), com direito a estacionamento, salgadinhos e refrigerantes.
* Para obter mais informações, basta entrar em contato comigo pelo (85) 3243-4779, 8734-5573 ou 9954-1017.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Uma piada de mau gosto!


Quem lê o JPA assiduamente por certo deve recordar da matéria que colocamos na capa da edição de setembro deste ano, intitulada “Uma piada de mau gosto”, onde criticamos os moradores que derramavam diariamente uma enxurrada de lixo, entulho, restos de animais mortos, galhos de árvores e outros detritos na esquina das ruas Minervino de Castro e Coronel Nunes de Melo, próximo ao muro do campo do Tigrão, transformando o local num verdadeiro foco de doenças diversas.
A novidade é que agora a direção da Comercial J. Maurício, num bonito gesto de cidadania e preocupação ambiental, mandou limpar e reconstruir a calçada, pintou o muro e colocou um vigia de plantão no horário comercial, objetivando, assim, conter a ação de pessoas que não têm a menor preocupação com a saúde dos seus vizinhos.
Parabéns à referida empresa pela iniciativa, mas a foto em questão deve soar como uma vergonha, uma autêntica piada, se for analisada por quem habita em cidades e países mais civilizados. Quer dizer: se a maioria da população cearense fosse bem educada, jamais precisaríamos colocar placas e vigias para impedir que nossas esquinas sejam usadas como rampas de lixo.

(Texto e foto a serem publicados na próxima edição do JPA)

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Noitada cultural no Albertu's

Começo a semana entusiasmado com o número expressivo de parentes e amigos que estão confirmando suas presenças na noitada cultural que vamos promover no próximo sábado (dia 27), comemorando meu aniversário natalício e marcando a inauguração oficial dos equipamentos de som que adquiri recentemente. O evento está marcado para começar às 20 horas, no Albertu's Restaurante, na Barra do Ceará, ao lado da ponte Fortaleza-Caucaia. A entrada será gratuita (não precisa mostrar convite), com direito a estacionamento, salgadinhos e refrigerantes, e teremos apresentações de vários cantores e músicos da cidade. Quem quiser saber mais detalhes, para participar deste encontro de parentes e amigos, é só entrar em contato comigo pelo (85) 3243-4779, 8734-5573 ou 9954-1017.
Sua presença será o meu presente!

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Vou pra Santiago do Chile!

Pensei que nunca mais iria me ausentar de Fortaleza, por conta dos meus muitos afazeres na "loura desposada do sol". Porém, agora, quando menos esperava, apareceu uma oportunidade de ir passar três dias em Santiago do Chile, na companhia da minha filha Thaís.
Ela ganhou a viagem em uma promoção da FM Tempo (103.9), em parceria com a Be Happy Operadora de Turismo, com direito a um acompanhante, passagens aéreas, hospedagem, traslados e city tour pela capital chilena. Na hora de definir o acompanhante, Thaís apontou o dedo em minha direção. Agora falta apenas definir a data!

Cristina Fontenele (coordenadora de Marketing da Be Happy), Tenório Barros (locutor), Thaís Mendonça e Ana Paula Lopes (do Departamento de Promoções da Tempo FM) durante a entrega do prêmio no estúdio da emissora

O dia em que Zé da Diva virou mulher!

Zé da Diva estava farto e cansado de todos os dias sair para trabalhar enquanto a mulher ficava em casa. Então, rezou fervorosamente:
- Senhor Deus: Todos os dias vou trabalhar durante 8 horas e a minha mulher fica em casa. Eu gostaria que ela soubesse o que eu passo para sustentar nossa casa. Por favor, faça uma troca dos nossos corpos por um dia só. Amém!
Deus, na sua infinita bondade e sabedoria, satisfez o pedido de Zé da Diva. Na manhã seguinte, ele acordou como mulher. Levantou da cama, preparou o pequeno-almoço para o marido, acordou os filhos, vestiu-lhes as roupas da escola, deu-lhes o café da manhã, meteu as merendas nas mochilas e levou-os à escola. Depois foi às compras, passou no banco para fazer um depósito e pagar umas contas.
De volta pra casa, limpou a caixa do gato e deu banho no cachorro, arrumou as camas, lavou roupas, aspirou a casa e lavou o banheiro e a cozinha. Em seguida correu para a escola, para pegar as crianças, e os ajudou a fazerem os deveres de casa.
Depois do almoço, passou o ferro nas roupas, descascou batatas e outros vegetais para fazer uma salada, enrolou bolinhas de carne e preparou o feijão para a sopa. Após o jantar, deu banho nos meninos, meteu-os na cama e, quando chegou em seu quarto, o marido estava esperando na cama, querendo fazer amor.
Zé da Diva arranjou meios de satisfazer o cônjuge, sem se queixar. Na manhã seguinte, mal acordou, saltou da cama, ajoelhou-se e rezou com fervor:
- Senhor, nem sei o que é que me passou pela cabeça. Eu estava tão errado de invejar a minha mulher por ficar em casa todo o dia. Por favor, destroca de novo os nossos corpos. Amém!
E Deus, na sua infinita bondade e sabedoria, respondeu:
- Agora é tarde, minha filha... Você tem que viver como mulher pelo resto da vida, porque ontem à noite seu marido a engravidou!

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Quem criou essa "pérola" musical?

Segunda-feira, à noite, estava na pracinha da Jovita com a Marinete, tomando umas cervejas e traçando uns espetinhos de "carne de gato" pra desanuviar a mente. O ambiente estava legal, conversávamos numa boa, ao ar livre, quando, de repente, um cidadão estacionou um veículo próximo da gente, abriu o porta-malas e ligou o som em alto volume, obrigando-nos a ouvir um forró ridículo, onde a cantora, com a voz gasguita, dizia mais ou menos assim:
"O amor é feito capim, mas veja que absurdo, a gente planta, ele cresce, aí vem uma vaca e acaba tudo..."
Indignados, claro, pagamos as cervejas e os espetinhos consumidos e saímos imediatamente do local. Afinal de contas, nossos ouvidos não são penicos! Cheguei em casa perguntando à Marinete:
- Quem terá sido o gênio que criou essa "pérola" musical?
Resposta dela:
- Sei lá. Pelo nível da letra, deve ter sido Chico Buarque, Tom Jobim, Vinícius de Morais, Toquinho ou Ivan Lins...
Realmente!!!

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Proposta inusitada!

Caraca!
Recebi uma proposta no mínimo inusitada: alugar meu equipamento de som para uma moça que canta em missas de corpo presente. Ela trabalha para uma funerária localizada na Aldeota, e disse que tem de 2 a 3 missas por semana.
Sinceramente, fiquei sem saber se aceito ou não. A grana até que é boa, mas o problema é ter que ficar vendo defunto e gente chorando quase todo dia.
E vocês, o que acham? Devo ou não aceitar?

domingo, 14 de novembro de 2010

Nota 8 para a estreia

Ontem, pela primeira vez, utilizei meus novos equipamentos de som em público. Eu e meu filho Thiago fomos contratados para animar um almoço em um buffet na bela cidade de Paracuru, em homenagem ao transcurso dos 90 anos de idade de um médico.
Durante 4 horas e 15 minutos, cantamos e tocamos verdadeiras pérolas da MPB, dando prioridade a boleros, sambas e outras canções mais antigas, pois a maioria dos convidados era composta de pessoas idosas. No final, quatro convidados pediram meu cartão de visitas para futuras contratações, numa prova evidente de que nossa performance conseguiu chamar a atenção de quem estava presente. Deixando a modéstia de lado, dou nota 8 para a estreia!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Parabéns, Marinete!

O calendário marca para este sábado, dia 13 de novembro, o aniversário natalício de uma "nêga" que conheci em 1980.

Maranhense de nascimento, e cearense por opção de vida, ela pode ser considerada uma verdadeira heroína, pois nestes 30 anos tem estado ao meu lado em todos os momentos, nas alegrias e nas tristezas, dividindo comigo a criação dos nossos filhos Thiago e Thais, duas jóias raras deste casamento que tinha tudo para não dar certo, por vários motivos, mas continua de pé até hoje.

Mulher guerreira, trabalhadora, às vezes fico até com inveja de sua força e disposição para realizar tantas tarefas diárias, sobretudo como dona-de-casa, mãe, esposa, professora, catequista e integrante de um grupo de oração da Legião de Maria, ligado à Paróquia dos Remédios.

Diante do exposto, só me resta cumprimentá-la por esta data especial, desejando que Deus permaneça iluminando os seus caminhos por muitos e muitos anos, para gáudio e satisfação da nossa imensa legião de parentes e amigos.

Parabéns, Marinete!

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Relembrando e reforçando um convite

Recado aos parentes, amigos e leitores que quiserem prestigiar a inauguração oficial do meu novo equipamento de som: o evento está marcado para o dia 27 (sábado), a partir das 20 horas, no Albertu's Restaurante, na Barra do Ceará, ao lado da ponte Fortaleza-Caucaia. A entrada será gratuita, com direito a salgadinhos e refrigerantes (por conta do meu aniversário natalício), e teremos apresentações de vários cantores e músicos. A maioria dos convidados já confirmou presença, o que é, acima de tudo, uma garantia de sucesso desta noitada cultural que vamos promover. Quem quiser saber mais detalhes, é só ligar pra mim: 3243-4779, 8734-5573 ou 9954-1017.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Editorial do JPA de novembro

Um dia desses, ao passar pelo entorno da lagoa do Porangabussu, quase na esquina das ruas Porfírio Sampaio e Monsenhor Furtado, ficamos observando o trabalho voluntário que é realizado há algum tempo pelo funcionário público Antônio Nonato Filho através do projeto “Leitura na Praça”. De forma praticamente anônima, e sem visar dividendos financeiros, duas ou três vezes por semana ele transforma o referido espaço em uma espécie de biblioteca ao ar livre, colocando à disposição de crianças, jovens e adultos uma diversidade de livros e revistas, além de promover eventos comemorativos de datas festivas e de limpeza permanente da lagoa.

É, sem dúvida alguma, uma ação dignificante, quase solitária, que já foi destacada várias vezes nas páginas do JPA, mas que, infelizmente, não recebe o devido apoio da comunidade. São raros os moradores, entida-des e empresas que se sensibilizam com a causa deste “Dom Quixote” moderno, que luta a seu modo contra os moinhos de vento da ignorância cultural que nos assola.

Dá é pena a gente passar por lá, algumas vezes, e ver Antônio Filho sozinho, com livros e revistas espalhados em uma mesa improvisada, seu carro com o porta-malas aberto, tocando músicas infantis, enfim, travando uma gloriosa batalha contra os novos costumes da sociedade atual, onde todas as atenções estão voltadas para as novelas televisivas, os programas policiais, os sites de pornografias na internet, as bandas de forró eletrônico, com seus cantores gasguitos e músicas com letras pobres e ridículas, dentre outras.

Escrevemos este editorial em forma de protesto contra o descaso da maioria da população a um trabalho tão bonito, mas também para pedir a Antônio Filho que não desista da luta, pois esse projeto de incentivo à leitura é de extrema importância para nós, que ainda sonhamos com a possibilidade de um dia (quem sabe?) vivermos em um país mais justo e humano, com um povo mais letrado e interessado em exercitar sua cidadania em toda a plenitude. Vá em frente, amigo. E conte sempre com o JPA!

domingo, 7 de novembro de 2010

Embaixo do cabaré

ESSA É SÓ PARA DESCONTRAIR O SEU DOMINGO:

Certo dia, Zé da Diva chegou perto do seu amigo Chico Tripa e afirmou:
- Sabia, Chico, que mesmo sendo feio, pobre e sem estudo, tem muitas mulheres dando em cima de mim?
Intrigado, Chico Tripa perguntou:
- É mesmo? Então, me explica como tu consegue essa façanha.
Resposta de Zé da Diva:
- Eu moro no térreo de um prédio que o primeiro andar é um cabaré...

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

JPA de novembro começa a circular

Começa a circular nesta sexta-feira, dia 5, a edição de novembro do JPA, nº 130, trazendo como principal destaque o transcurso dos 50 anos de fundação do Clube Recreativo Tiradentes, que apesar de encontrar-se em adiantado processo de abandono e dilapidação, ainda é apontado como a maior referência sócio-cultural do Parque Araxá. Outros destaques são:
- O editorial, criticando a falta de apoio da comunidade ao projeto “Leitura na Praça”, que acontece quase na esquina das ruas Porfírio Sampaio e Monsenhor Furtado;
- O artigo intitulado "O consumismo desenfreado entre os jovens", de autoria do poeta Diogo Fontenelle;
- A solenidade de abertura da Expec 2010, realizada no Colégio Deoclécio Ferro;
- A festa do Dia das Crianças, promovida pelo projeto Restaurarte na lagoa do Porangabussu;
- O trabalho da banda Jardim Suspenso, rendendo tributo à cantora paulista Rita Lee e ao grupo Mutantes;
- As notícias curtas da coluna "Circulando", trazendo também a relação dos aniversariantes do mês do Clube dos Assinantes;
- As piadas "Já tô bebendo mijo mesmo" e "Embaixo do cabaré", tendo como protagonista o velho Zé da Diva;
- E o artigo "Parque Araxá precisa resgatar sua área histórica", onde o defensor público João Ricardo Vieira Franco lança a ideia de uma campanha para o Parque Araxá resgatar a área territorial que perdeu para o Rodolfo Teófilo.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Clube Tiradentes completa 50 anos sem rumo para a ociosidade dos dias atuais

O dia 27 de julho deste ano passou em brancas nuvens para quase todos os moradores do Parque Araxá e adjacências. Mas teve um significado histórico para o nosso desenvolvimento, pois marcou o transcurso dos 50 anos de fundação de um espaço que é, até hoje, a maior referência sócio-cultural do bairro, no caso o Clube Recreativo Tiradentes. Infelizmente, esse aniversário (Bodas de Ouro) não teve nenhuma comemoração porque, como se sabe, a agremiação está há vários anos sem diretoria e suas dependências encontram-se em adiantado processo de abandono e dilapidação, e só não foram invadidas ainda por conta do trabalho determinado do aposentado José Fernandes de Almeida (Zezinho), que tomou para si a missão de preservar o que restou das glórias do passado, principalmente os troféus e medalhas conquistados com a realização dos melhores bailes de Carnaval da cidade.

O Clube Tiradentes foi fundado no dia 27 de julho de 1960, como uma sociedade sócio-recreativa, esportiva e cultural, com sede na Rua Tiradentes, 851, objetivando congregar sócios sem distinção de cor, sexo, crença religiosa ou facção política e tendo por finalidade promover reuniões e diversões de caráter esportivo, intelectual, artístico, social e cívico. Por várias décadas, seus salões eram frequentados por representantes de diversos segmentos da sociedade do Parque Araxá, mas a situação começou a ficar dífícil em meados dos anos 80. Segundo Zezinho, isso aconteceu devido a uma série de fatores, notadamente a mudança de costumes e o aparecimento de festas de Carnaval em cidades e praias do interior cearense, que atingiram todos os clubes de subúrbio da capital.

No caso do Tiradentes, tivemos como agravante ainda a promoção de alguns eventos que culminaram com casos de violência, deixando uma imagem negativa perante a comunidade. Isso ocasionou o abandono por parte dos fundadores, diretores e associados, tanto que hoje muitos deles se negam a participar de qualquer reunião que possa definir o futuro do clube. Zezinho garante que nos últimos anos fez várias tentativas neste sentido, mas não obteve resultados positivos, e é obrigado a alugar a quadra esportiva e os salões para eventos particulares como forma de saldar débitos com água, luz, IPTU etc. “Quase todo dia aparece gente por aqui, querendo alugar ou arrendar o clube para ficar fazendo festas e outros projetos sociais, mas não se pode fazer nada, porque não sou nem diretor, estou apenas “pastorando” e às vezes tiro dinheiro do meu próprio bolso para não deixar isso aqui se acabar de vez ou ser invadido pela especulação imobiliária”, afirma.

Como se vê, não há mesmo nada para comemorar no transcurso dos 50 anos do Clube Tiradentes. Resta-nos apenas relembrar seu passado de inesquecíveis bailes carnavalescos, festas dançantes, shows com artistas de renome nacional e campeonatos conquistados no futsal, e torcer para que um dia apareça alguém com capacidade e disposição para dar um rumo à ociosidade dos dias atuais.

As paredes e colunas formam um espaço ocioso no coração do Parque Araxá

Zezinho espera por uma definição sobre o futuro da agremiação

(Matéria de capa da edição de novembro do JPA)

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Meu "niver" vai ser comemorado na Barra

Notícia em primeira mão para vocês, que dizem que gostam de mim:

No dia 27 deste mês (sábado), a partir das 20 horas, estarei fazendo uma apresentação no Albertu's Restaurante, localizado na Barra do Ceará (ao lado da ponte Fortaleza-Caucaia), comemorando meu aniversário natalício e inaugurando oficialmente os equipamentos de som que adquiri recentemente. Teremos também participações especiais já confirmadas de vários artistas (músicos, cantores, poetas etc.) que fizeram e/ou fazem parte da minha trajetória artística, cujos nomes eu vou revelar posteriormente.

Desde já, espero contar com a presença dos parentes e amigos mais chegados, que, além de prestigiar um momento especial para mim, terão a oportunidade de ouvir música de primeira qualidade em um dos mais belos recantos de Fortaleza, vendo o encontro do rio com o mar.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Parque Araxá precisa resgatar sua área histórica

Causou uma grande estranheza em muitos moradores do Parque Araxá, sobretudo naqueles que moram no lado esquerdo da avenida Jovita Feitosa (no sentido Centro-Campus do Pici), a notícia de que no início dos anos 90 o bairro perdeu quase 50% de seu território para o adjacente Rodolfo Teófilo.
A percepção desse acontecimento passou a se dar basicamente quando os moradores da área referida passaram a receber correspondências e contas de água, luz e telefone, onde constava que eles residiam no Rodolfo Teófilo, e não mais no Parque Araxá.
O fato ganhou mais repercussão em setembro do ano passado, por conta de uma matéria divulgada no jornal “CETV”, da TV Verdes Mares (Canal 10), dentro do quadro “Meu Bairro na TV”, quando foi dito pelos apresentadores que, oficialmente, o Parque Araxá resume-se à região compreendida entre as avenidas Bezerra de Menezes (norte), Jovita Feitosa (sul), José Bastos (leste) e as ruas Professor Anacleto e Pedro Ferreira de Assis (oeste). Isso significa que muitos locais e eventos historicamente relacionados ao Parque Araxá, na verdade não lhe pertence, como, só para citar alguns exemplos, o Araxá Folia, Arraiá do Cumpade Rogério, Igreja de Cristo do Parque Araxá, Capela de São José Operário, Clube Recreativo Tiradentes e o Campo do Tigrão.
É bom salientar que a alteração se deu sem qualquer consulta ou discussão com os moradores dos bairros afetados, sendo de completo desconhecimento dos interessados a razão da perda por parte do Parque Araxá de aproximadamente metade de sua área original, que decorreu de autoritarismo da gestão municipal vivida pela nossa capital no início dos anos 90.
Diante do exposto, lanço aqui a ideia de promovermos uma campanha junto à Câmara Municipal e à Prefeitura de Fortaleza, no sentido de sensibilizarmos nossas autoridades para que o Parque Araxá possa reaver sua própria identidade, de reincorporar o patrimônio artístico, histórico e cultural que sempre o notabilizou nessa área da cidade. É necessário que fique entendido que nada existe por parte dos parquearaxaenses contra o Rodolfo Teófilo. Nossa proposta é simplesmente a busca legítima por parte da população no sentido de resgatar o status quo anterior à desfiguração do bairro.
Desde já assumo o compromisso de estar na linha de frente desta luta, contando com o entusiasmo do apoio popular e a disposição do nosso amigo Juracy Mendonça através do seu JPA, respaldado nos 13 anos de circulação deste jornal, sempre respeitando a história e a identidade de todos os moradores que, assim como eu, amam o Parque Araxá. Gostaria de ouvir sua opinião, caro(a) leitor(a), a respeito deste assunto.

(Artigo de autoria do Dr. João Ricardo Franco Vieira - Defensor Público e Secretário Municipal de Defesa do Consumidor (PROCON Fortaleza), a ser publicado na edição de novembro do JPA)

Parabéns, Brasil!


Ontem foi um dia histórico para todos nós, que vivemos no Ceará e, acima de tudo, amamos o Brasil! Pela primeira vez, elegemos uma mulher para a Presidência da República.
Acordamos hoje de peito lavado, e em dose dupla, tanto pela vitória de um grupo político que pretende continuar mudando este país para melhor, como por jogar no ostracismo determinados políticos ultrapassados no tempo e no espaço, tipo José Serra, Fernando Henrique Cardoso, Arthur Virgílio, Heráclito Fortes, Mão Santa, Tasso Jereissati, Lúcio Alcântara, Marcos Cals e outros menos votados.
Parabéns, Ceará! Parabéns! Brasil! Parabéns, Dilma Rousseff! Que Deus, em sua infinita sabedoria, ilumine os nossos caminhos nos próximos quatro anos!

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Dilma: estou fazendo a minha parte!


Você também vai votar na Dilma? Parabéns pela escolha!

Mas, além de votar, é preciso que você faça uma campanha junto a seus parentes, vizinhos e amigos, para que o Brasil não corra o risco de voltar para as mãos de José Serra, Fernando Henrique Cardoso, Tasso Jereissati e outros políticos que só sabem governar entregando nosso patrimônio público ao capital estrangeiro.

Eu, por exemplo, caí em campo neste segundo turno, pedindo votos para Dilma no meu blog, no twitter, orkut, msn, por e-mail, por telefone, pessoalmente... Até o meu carro está sendo utilizado, pois coloquei nele dois adesivos, com destaque para o famoso "serranaomamae", que vem fazendo tanto sucesso pela cidade inteira.

Estou fazendo a minha parte porque acredito que, neste momento, a eleição da Dilma é o melhor para o Brasil continuar mudando. Que Deus ilumine as cabeças de todos os brasileiros no próximo domingo.


Segundo matéria do jornal "O Povo", o adesivo "serranaomamae", criado por um grupo de jornalistas cearenses, começou a circular timidamente em Fortaleza e hoje já pode ser visto em boa parte dos carros que circulam por grandes cidades do país inteiro

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Equipamentos de som testados... E aprovados!

Na terça-feira passada, final de tarde, levei meus novos equipamentos de som para testar no palco do Clube Tiradentes (Parque Araxá), objetivando sentir a potência e os recursos que podemos disponibilizar dos mesmos.
Estiveram por lá, conferindo e participando do teste, meu filho Thiago e os amigos Zezinho, Michel, Serginho, Adriano e Artur, que mostraram-se encantados com a potência e a qualidade do som, que permite a gente cantar e tocar tranquilamente em igrejas, colégios, buffets, restaurantes, pizzarias e outros locais que necessitem de música ao vivo com volume agradável aos nossos ouvidos.
Já fechei dois contratos para animar eventos particulares no mês de novembro, mas a inauguração oficial dos equipamentos deve acontecer no dia do meu aniversário (27), em local ainda a ser definido, quando espero contar com a presença dos parentes, amigos e admiradores, notadamente aqueles que estão me apoiando nesta nova empreitada.
Depois trarei mais detalhes.

domingo, 24 de outubro de 2010

Serra: candidato da coerência?

É muito engraçado ver José Serra na TV dizendo que é o “candidato da coerência”.

* Antes, Serra alardeava que o Bolsa-Família, lançado por Lula, era “clientelista, assistencialista”. Agora garante que, se for eleito, vai ampliar o Bolsa-Família, criando até um 13º salário para o referido programa.

* Antes, Serra declarava, até à exaustão, ser contrário à prática do aborto. Agora, depois que surgiram denúncias de que sua esposa, Mônica Serra, praticou um aborto, ele recusa-se a falar sobre o tema.

* Antes, quando veio a público a história de que Paulo Preto desviou R$ 4 milhões do governo de São Paulo para a campanha dos tucanos, Serra disse que não conhecia Paulo Preto. Um dia depois, afirmou que conhecia Paulo Preto, mas que ele era inocente.

* Antes, no início do segundo turno, quando as pesquisas do Ibope, Datafolha e Vox Populi indicaram seu crescimento na preferência do eleitorado, ele comemorou, e até alardeou no Horário Eleitoral Gratuito. Agora, quando todas as pesquisas indicam que Dilma Rousseff está 12 pontos acima, ele diz que as pesquisas são tendenciosas.

Será que Serra é mesmo o candidato da coerência?

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Ao amigo César

Alô, César!
Agradeço pelas referências elogiosas ao meu trabalho como escritor e espero que um dia você tenha a oportunidade de conferir minhas performances como cantor.
Com relação ao CD "As 14 Mais", posso mandar entregar em seu domicílio ou local de trabaho. Aí o custo vai depender da distância. Ok?
Grande abraço!

Jardim Suspenso faz tributo a Rita Lee e Mutantes

Jardim Suspenso é o nome da banda que vem fazendo sucesso em Fortaleza e cidades do interior cearense rendendo tributo à cantora paulista Rita Lee e ao grupo Mutantes, com homenagens também a outros nomes famosos do pop/rock nacional. A banda, formada em março deste ano, já se apresentou em espaços importantes da cena musical local, como Hits Brasil, Dom Caixote, Rota 66, Barraca Kucabara (Icaraí), Centro Cultural do Bom Jardim e Sesc/Senac Iracema, devendo estar no Sesc de Sobral no dia 25 de novembro, com um repertório onde despontam clássicos como “Jardins da Babilônia”, “Corista de Rock”, “Flagra”, “Lança Perfume”, “Esse Tal de Roquem Enrow”, “Ovelha Negra”, “Doce Vampiro”, dentre outros.

Jardim Suspenso tem à frente a jornalista, escritora, cantora, compositora e produtora Joanice Sampaio, que reside no bairro Rodolfo Teófilo e há vários anos desenvolve um interessante trabalho de divulgação cultural. Integrante do grupo Urbanóides Poemas, ela já esteve na Contrabanda e participou da produção de eventos importantes como Festival de Inverno da Serra da Meruoca, Acampamento Latino Americano da Juventude de Icapuí, Festcinemaracanaú, além de shows dos cantores Pingo de Fortaleza, Jord Guedes e Carlinhos Perdigão.

Segundo Joanice, a banda foi criada com objetivo de reverenciar o trabalho de Rita Lee, protagonista do movimento tropicalista e artífice de uma das mais importantes bandas do Brasil, no caso Os Mutantes, nos anos 60. “Rita Lee foi porta-voz de uma geração contestadora, revolucionária dos costumes. Assim, abriu caminho para o rock nacional, pôs em pauta o papel da mulher e questões pertinentes a este universo, transformando-se, assim, em uma das maiores estrelas do pop brasileiro. Nossa missão é fazer uma releitura desta obra, focando a fase mais roqueira e criativa da cantora”, afirma.

A banda é formada por músicos experientes no cenário musical cearense. Além de Joanice Sampaio (voz), temos Pedro de Farias (guitarra), acadêmico de Música da UECE, ex-integrante da banda Mafalda Morfina e que participa também da banda Emphase (cover do grupo americano The Doors); Beto Martins (baixo), ex-integrante da banda Eletrocactus e músico da Emphase; e Carlinhos Perdigão (bateria), professor de Língua Portuguesa, músico, poeta e produtor cultural que participa ainda da banda Zeppelin Blues e do grupo Urbanóides Poemas. Contatos para shows da banda Jardim Suspenso podem ser feitos através dos fones (85) 8784.1741 e 9109.1706, falar com Joanice.

Foto: Renata Holanda

A banda tem à frente a cantora Joanice Sampaio, residente no Rodolfo Teófilo

(Matéria a ser publicada na edição de novembro do JPA)

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Deus me deu mais um presente!

Hoje, até que enfim, e graças ao meu bom Deus, consegui concretizar um projeto que vinha alimentando desde junho, no caso a aquisição de um novo equipamento de som (caixas, mesa de 12 canais, microfones, pedestais etc.), com o qual pretendo voltar a cantar na noite.

E, em meio à minha alegria, faço questão de agradecer aos parentes, amigos e admiradores que me ajudaram nesta empreitada, notadamente aqueles que atenderam ao meu pedido e adquiriram várias cópias do CD “As 14 Mais” para ouvir ou dar de presente. Conforme havia prometido, a grana obtida com a venda dos CDS foi revertida para ajudar na compra dos equipamentos. É uma pena que eu não possa citar os nomes de todos, para não cometer injustiças. Mas fica aqui o meu muito obrigado, de todo coração, e a certeza de que nos próximos dias vocês serão convidados para a inauguração oficial.

E fica aqui o aviso: a partir de agora, estou apto para alugar o equipamento de som e/ou cantar em igrejas, buffets, restaurantes, pizzarias, dentre outros espaços. Para isso, conto com o apoio de uma equipe de músicos que me possibilita participar de qualquer evento onde o destaque seja a MPB de boa qualidade.

Dilma recebe manifesto com apoio de 4.000 artistas e intelectuais

Dilma Rousseff recebeu ontem, no Teatro Oi Casa Grande, no Leblon (Rio de Janeiro), um manifesto contendo 4.000 assinaturas, onde artistas e intelectuais brasileiros declararam apoio à sua candidatura à Presidência da República. O espaço tornou-se pequeno para comportar tantas pessoas que fizeram questão de marcar presença na entrega simbólica do manifesto capitaneado pelo sociólogo Emir Sader e pelo escritor Eric Nepomuceno. Os maiores destaques foram o músico e escritor Chico Buarque e o arquiteto Oscar Niemeyer, delirantemente ovacionados durante suas entradas. Niemeyer, aos 102 anos de idade, chegou em uma cadeira de rodas, acompanhado da mulher, Vera.

Estiveram presentes também os cantores Alceu Valença, Geraldo Azevedo, Elba Ramalho, Beth Carvalho, Alcione, Rosemary, Wagner Tiso, Lia de Itamaracá e Margareth Menezes, os atores Paulo Betty, Dira Paes, Silvia Buarque e Yamandu Costa, o teólogo Leonardo Boff, a filósofa Marilena Chauí,o cartunista Ziraldo e o diretor de teatro José Celso Martinez Corrêa. Houve tumulto na entrada do evento e muitos dos convidados ficaram de fora. O cineasta Luiz Carlos Barreto, 82 anos, produtor do filme "Lula, o Filho do Brasil", entrou quase à força na cerimônia, porque estava sem convite. Outros artistas e intelectuais também tentaram entrar sem convite, mas a segurança da casa de shows foi obrigada a impedir, com medo de perder o controle da situação, já que o espaço só comportava 960 convidados.

Dilma Rousseff mostrou-se emocionada e agradecida pelo apoio recebido dos artistas e da intelectualidade brasileira

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Uma jovem tarde de domingo no Kukukaya

Ontem foi mais um dia especial desta minha vida tão repleta de tons e sons!

Estive na casa de shows Kukukaya, prestigiando o projeto "Jovens Tardes de Domingo”, que teve como atrações as bandas do Marcelo Melo (onde o meu filho Thiago Mendonça trabalha como produtor musical, arranjador, tecladista, guitarrista e back-vocal), Luisinho Magalhães e a renomada e legendária Renato e Seus Blue Caps, que levou o público presente ao passado com suas canções inesquecíveis, como "Menina Linda", "O Mensageiro", "Feche os Olhos", "Será mentira ou será serdade", "Ana", "Meu bem não me quer", "Lar Doce Lar", dentre outras.

Para mim, pessoalmente, foram momentos altamente agradáveis, pois além de curtir as apresentações das referidas bandas, ao lado de minha esposa Marinete, ainda tive o prazer de rever um monte de amigos novos e antigos, dentre os quais destaco Ivaneide Ximenes, que estava tirando fotos para o seu arquivo pessoal, das quais estou colocando algumas no blog. Durante o evento, os osganizadores anunciaram que a próxima edição do projeto vai acontecer no dia 14 de novembro, tendo como atração principal o cantor mineiro Fernando Mendes, que fez muito sucesso nas décadas de 70 e 80 com músicas como "A Desconhecida", "Cadeira de Rodas", "Você não me ensinou a te esquecer", "Sorte tem quem acredita nela", "Sádico Poeta"...


A banda do Marcelo Melo abriu a programação com um repertório baseado em sucessos internacionais das décadas de 70 e 80

Luisinho Magalhães também levou o público ao delírio com as canções que marcaram a época da Jovem Guarda

Ivaneide Ximenes com Marcelo Ferrari, Jôse e Thiago Mendonça, músicos da banda do Marcelo Melo

Ivaneide, eu e minha nora Aline

Ivaneide fez questão de posar ao lado do legendário Renato Barros, líder da banda Renato e Seus Blue Caps

sábado, 16 de outubro de 2010

Imprensa cearense não fala nada sobre denúncia de aborto praticado por Mônica Serra

José Serra pensava que a história do aborto praticado pela sua mulher não iria ter muita repercussão, mas está redondamente enganado. Depois de ser publicada no "Correio do Brasil", na segunda-feira, a denúncia da bailarina Sheila Ribeiro, ex-aluna de Mônica Serra, ocupou ontem e hoje generosos espaços em jornais de grande circulação nacional, como "Folha de São Paulo" e "O Dia", e nos blogs de jornalistas renomados como Paulo Henrique Amorim, Ricardo Noblat, Altamiro Borges, dentre outros espalhados pelo país inteiro, bem como nas redes sociais (Orkut, Facebook, Twitter etc). O assunto, pela sua gravidade, foi ventilado ontem também na tribuna da Assembléia Legislativa, pelos deputados Carlomano Marques, Artur Bruno e Nelson Martins. Mas, curiosamente, os grandes meios de comunicação de Fortaleza ainda não divulgaram nada. Por que será, hein?

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Deputados criticam silêncio dos tucanos sobre denúncia de que mulher de Serra praticou aborto

A notícia ecoou como uma bomba. Rapidamente, feito rastilho de pólvora, espalhou-se pela internet, notadamente em redes sociais como Orkut, Twitter e Facebook.

Tudo começou na segunda-feira, dia 11, quando, em entrevista ao jornal carioca “Correio do Brasil”, a coreógrafa Sheila Canevacci Ribeiro revelou que a professora Mônica Serra, esposa do ex-governador de São Paulo e atual candidato a presidente José Serra, disse ter praticado um aborto quando o casal passava por sérias dificuldades financeiras. Segundo Sheila, a confissão, em tom de desabafo, foi feita durante uma aula de Psicologia do Desenvolvimento aplicada à Dança, ministrada pela então professora no Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Na quinta-feira, no mesmo jornal, outra ex-aluna de Mônica Serra, que preferiu não ter seu nome citado, “por medo de represálias”, confirmou a versão de Sheila Ribeiro. “Foi no primeiro semestre de 1992, no segundo período que cursava na Unicamp. Quando fez esse desabafo, ela estava sentada no chão, em uma sala de dança, onde não há móveis e apenas um grande espelho e a barra de exercícios, ao lado das colegas Kátia Figueiredo, que mora atualmente na Suécia, Ana Carla Bianchi, Ana Carolina Melchert e Érika Sitrângulo Brandeburgo, entre outras estudantes, residentes aqui no país”.

Hoje pela manhã, na Assembleia Legislativa do Ceará, o assunto foi discutido em plenário por vários deputados, com destaque para Nelson Martins, Artur Bruno e Carlomano Marques. Nelson Martins leu a matéria veiculada no “Correio do Brasil”, afirmando em seguida: “A hipocrisia é uma péssima qualidade do ser humano. Trago isso a público porque realmente é um absurdo, principalmente por conta da campanha caluniosa que está sendo feita por José Serra contra Dilma Rousseff em relação ao aborto.” Para Carlomano Marques, o assunto não pode ser tratado com tantas inverdades. "Não vou dizer que a senhora Mônica fez ou não fez aborto, mas quero ouvir dela as contra-razões e a defesa, que não podem deixar de existir, do candidato José Serra. Esse silêncio amargura a nação brasileira", afirmou.

Realmente, o silêncio dos “tucanos” em relação ao assunto é impressionante.


Links para quem quiser ler as duas matérias do jornal "Correio do Brasil":

http://correiodobrasil.com.br/monica-serra-ja-fez-um-aborto-e-sou-solidaria-a-sua-dor-afirma-ex-aluna-da-mulher-de-presidenciavel/185824/

http://correiodobrasil.com.br/ex-alunas-de-monica-serra-confirmam-relato-sobre-aborto/186052/

Lambendo a cria no Kukukaya


Quem me conhece pessoalmente sabe que sou um tremendo pai-coruja. Vibro bastante com as vitórias dos meus dois filhos, pois sinto-me parte integrante de cada conquista.
É por isso que faço questão de externar e agradecer a Deus pelo sucesso que o Thiago (foto) vem fazendo como produtor musical, arranjador, tecladista, guitarrista e back-vocal da Marcelo Melo & Banda, que é atualmente uma das mais requisitadas para animar festas de casamentos, aniversários e outros eventos em sofisticadas casas noturnas de Fortaleza e cidades do interior cearense.
Por falar nisso, neste domingo, dia 17, Marcelo Melo & Banda será uma das atrações da grande festa que vai acontecer no Kukukaya, como parte do projeto "Jovens Tardes de Domingo”, contando ainda com as presenças de Luisinho Magalhães & Banda e a renomada e legendária Renato e seus Blue Caps, que possui mais de 50 anos de carreira, com mais de 30 discos lançados e cerca de 20 shows por mês. E eu estarei por lá, vendo o Thiago brilhar! E, aproveitando o embalo, vou rever Renato e seus Blue Caps com suas canções inesquecíveis que marcaram a juventude dos anos 70 e 80.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Parabéns, Fagner!


Ontem, dia 13 de outubro, foi o aniversário natalício de um cara que desde a década de 70 vem embalando muitos dos meus sonhos com sua voz rasgada interpretando clássicos da MPB como "Noturno", "Revelação", "Jura Secreta", "Eternas Ondas", "Mucuripe", "Asa Partida", "Deslizes", "Flor da Paisagem", "Traduzir-se", "Palavras de Amor" e tantos outros. Este é cearense dos bons e merece os aplausos que recebe por onde passa.
Parabéns, Raimundo Fagner!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Por que meu voto é da Dilma!

Não sei bem de quem herdei essa tendência de votar sempre em candidatos de esquerda. Só sei que logo na primeira vez que fui às urnas, em 1974, em plena ditadura, votei em Mauro Benevides, que disputava o cargo de governador do Ceará pelo PMDB, enfrentando um dos "coronéis" de plantão do famigerado PDS.

Essa coerência política teve uma ligeira queda em 1986, quando votei em Tasso Jereissati, que se apresentou como o candidato a governador que iria sepultar para sempre a era dos "coronéis" no Ceará. E isso, realmente, aconteceu, mas depois o governador eleito revelou-se um ditadorzinho moderno, tratando o funcionalismo público a pão e água, privatizando a Coelce, a Telemar e outras estatais, fazendo, assim, o jogo neoliberalista do então presidente Fernando Henrique Cardoso, de triste memória para todos nós que lutamos muito mais pelas conquistas coletivas do que pelos interesses individuais de cada cidadão.

Diante do exposto, afirmo e reafirmo: Dilma Rousseff não é a candidata dos meus sonhos, mas prefiro mil vezes que ela ou qualquer outra pessoa de esquerda seja eleita, do que ver o meu país novamente nas mãos dos entreguistas do nosso patrimônio público, que neste segundo turno estão sendo representados por José Serra.

sábado, 9 de outubro de 2010

Desabafo de um eleitor do Serra!


Cansei... Basta! Vou votar no Serra, do PSDB, ele é carismático, meigo... E tem carinha de bom avô.

Cansei de ir ao supermercado e encontrá-lo cheio. O alimento básico está barato. O salário dos pobres aumentou, a classe C está ficando forte. Então qualquer um agora se mete a comprar carne, queijo, presunto, hambúrguer e iogurte. Cansei dos bares e restaurantes lotados nos fins de semana. A gentalha está toda tendo lazer. Cansei de ir em shoppings e ver a pobreza comprando e desfilando com seus celulares, câmeras digitais, MP3 e outros aparelhinhos. O governo Lula reduziu os impostos para os computadores. Por isso, qualquer um agora navega na internet em casa ou até mesmo no meio da rua. Pode um negócio desses?

Cansei dos estacionamentos sem vaga. Com essa coisa de oferta de crédito, todo mundo tem “cartão de crédito”. Cansei da moda banalizada. Agora, qualquer um pode botar uma confecção. Tem até crédito oferecido pelo governo. O que era exclusivo do Iguatemi, agora se vende até no Beco da Poeira.

Cansei dessa coisa de biodiesel, etanol, agricultura familiar... O caseiro do meu sítio agora virou “empreendedor”. Já tem até uns lotinhos de terra. Pode? Cansei dessa coisa assistencialista de Bolsa Família. Esse dinheiro poderia ser utilizado para abater a dívida dos proprietários da Rede Globo, SBT, Band, RedeTV, CNT, Folha de São Paulo, Estadão etc. A coitada da revista “Veja” passando por enormes dificuldades financeiras e esse governo alimentando gentalha no interior brasileiro. Isso é o fim do mundo.

Cansei também dessa história de Prouni, que botou esses tipinhos, sem berço, na universidade. Até índio, agora, pode virar médico e advogado. É um desrespeito... Cansei dessa história de facilitar a reforma e a compra da casa própria. E os coitados que vivem de cobrar aluguéis? O que será deles? Cansei dessa palhaçada da desvalorização do dólar. Agora, qualquer "pé rapado" vai passar férias no exterior. Realmente, é o fim…

Vou votar no Serra porque quero de volta as emoções fortes do governo de FHC, quero investir no dólar em disparada e aproveitar a inflação. Investir em ações das estatais quase de graça e vender com altos lucros. Com o Serra os congestionamentos vão acabar, porque, assim como ele fez em São Paulo, vai instalar pedágio a cada poucos quilômetros das estradas brasileiras. Chega dessa baboseira de política econômica estável... O motor da vida é a disputa, o risco… Quem pode, pode, quem não pode, se sacode. Vou votar no Serra porque quero ver essa gentalha no lugar que lhe é devido. Quero minha "felicidade" de volta.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Editorial do JPA de outubro

Neste mês de outubro, que possui um dia dedicado às crianças, voltamos a abordar um tema pertinente, no caso o excesso de liberdade dada aos “baixinhos” da geração atual, apontado como o maior responsável pelos rumos que a sociedade moderna está tomando, com tantos jovens na criminalidade, no tráfico de drogas, na prostituição etc.

Para início de conversa, vale lembrar que, independente de condição social ou financeira, a educação será sempre a base do princípio de uma vida. É desde a mais tenra idade que os seres humanos precisam aprender a viver em comunidade. Este é o único caminho para que no futuro eles venham a ser pessoas de bem, comprometidas com a paz em todos os ambientes que frequentam. E, ao contrário do que muita gente pensa, educar bem não é espancar, nem ser um pai (ou mãe) ditador(a). É ter autoridade, impôr limites, corrigir quando necessário, mostrar o certo e o errado, pois tudo (ou quase tudo) que os jovens e adultos fazem hoje é o resultado do que lhes foi ensinado na infância.

Existem as exceções, claro, mas dificilmente um indivíduo envereda para a marginalidade somente por falta de escolhas ou por influência de amigos. O desajuste social que se verifica atualmente tem tudo a ver com a má educação dos “pimpolhos”, que são mimados quando cometem erros, que não são devidamente repreendidos quando desrespeitam os mais velhos, principalmente os pais e professores, e são jogados no mundo sem a menor noção de que seus direitos terminam quando começam os dos outros.

E o pior de tudo é saber que vai ficar cada vez mais difícil controlar essa situação, pois se antigamente a família era o único canal de educação nos primeiros anos de nossas vidas, agora essa tarefa é dividida com internet, televisão e outras mídias que quase sempre só são utilizadas como instrumentos para propagar maus costumes.

A juventude e o culto contemporâneo do corpo

A sociedade ocidental contemporânea supervaloriza a beleza e a juventude, transformando-as em mercadoria no “mercado do capital” e no “mercado simbólico”.
A “boa aparência” – ou o “corpo sarado”, no jargão da juventude – é o “abre-te sésamo” da vida social do nosso tempo, fundada no consumismo, no imediato, na fluidez.
Neste raciocínio, a concepção de saúde tende a confundir-se com os valores e padrões estéticos impostos pela civilização do capital. Deste modo, o culto contemporâneo do corpo, ancorado à corrida pela juventude eterna, vem possibilitando que cada indivíduo construa seu corpo e gerencie sua aparência. Assiste-se à supremacia da beleza estética, mediada pela padronização do corpo, numa sociedade regida pelo consumismo, a mercê da lógica do “ter”.
Verifica-se que a aparência tem peso efetivo nas relações pessoais, constituindo-
se fator fundamental na definição de sucesso ou fracasso de carreiras, empresas
e produtos. Inegavelmente, a importância da beleza, neste início de milênio, vem ultrapassando os limites do amor e do sexo, tornando-se decisiva, em todos os relacionamentos, incluindo as relações profissionais.
Portanto, observa-se que o corpo do brasileiro representa um investimento no sentido de conquistar a ascensão social desejada pelos componentes da classe média e da classe pobre. Neste sentido, cristaliza-se a idéia de que o padrão hegemônico de beleza estética - moldado por uma rede de interesses capitalistas, externos à saúde corporal -, é uma via preferencial para alcançar benefícios financeiros e a tão sonhada felicidade.
Eis então, o corpo elaborado mediante disciplina e sacrifício, perseguindo a trilha dos modelos de juventude e beleza vigentes.

Antonio Diogo Fontenele de Lima
(Poeta, odontólogo e doutorando em Sociologia pela UFC)

Prefeitura inaugura Centro de Formação da Guarda Municipal e Defesa Civil

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, no dia 24 de setembro, o Centro de Formação da Guarda Municipal e Defesa Civil de Fortaleza (GMF), localizado na rua Delmiro de Farias, 1900 (Rodolfo Teófilo). O equipamento servirá para a realização de cursos e treinamentos, visando o aperfeiçoamento dos guardas municipais e agentes de Defesa Civil. A solenidade contou com a presença de autoridades como a prefeita Luizianne Lins, o diretor geral da Guarda Municipal e Defesa Civil, Arimá Rocha, o presidente da Companhia de Transporte Coletivo (CTC), João Batista Oliveira, e o vereador Ronivaldo Maia, além de muitos servidores públicos e lideranças comunitárias do bairro.
O Centro de Formação da GMF possui estrutura com Biblioteca, Sala de Aula e Telecentro, composto por TeleSala, SalaWeb, Sala de Tutoria e Sala de Conexão. Criado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) do Ministério da Justiça, o Telecentro faz parte do Projeto de Educação à Distância. O complexo ficará à disposição de todos os servidores da GMF, inclusive dos inscritos no Projeto Bolsa-Formação do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci).

A prefeita Luizianne Lins destacou a importância
do equipamento para os guardas municipais
e agentes de Defesa Civil

(Transcrita do JPA - Edição 129)

Igreja dos Remédios completa 100 anos de história, cultura e fé no Benfica


A Igreja Nossa Senhora dos Remédios, localizada na Avenida da Universidade, 2974 (Benfica), está com uma programação especial, que se estenderá até o dia 12 de outubro, para comemorar 100 anos de muita história, cultura e fé. A Igreja foi inaugurada no dia 15 de agosto de 1910 e hoje é referência. Com ela, há apenas dez templos religiosos centenários em Fortaleza. Os vitrais coloridos, a fachada opulenta, com estilo gótico, os painéis pintados nas paredes da cripta... Tudo é memória que permanece viva na mente, inclusive, dos mais jovens.
O centenário chama atenção também para um símbolo da arte sacra no Ceará: os painéis pintados por Gérson Faria (1889- 1943), artista plástico cearense atuante no início do século XX. São deles, as obras com imagens da Via Sacra de Cristo que estão pintados - em estado de conservação ruim - na cripta, embaixo do altar-mor. “É uma pena elas estarem abandonadas. Lá na cripta funcionava, nos anos 40, um espaço de reflexão em que a população ia se confessar na semana santa, era o Horto da Agonia”, explica o titular da Paróquia dos Remédios, padre Fernando Barbosa, acrescentando que há previsão de um projeto de restauração, em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC). “A Igreja é muito importante para a memória da cidade e faz parte da efervescência cultural do bairro do Benfica. Tudo passou por aqui, de batizados, a casamentos e mortes”, ressalta o religioso.
Não faltam boas e antigas recordações. O padre Hermano Mestrom, que foi pároco da Igreja dos Remédios durante 27 anos, coleciona uma série de fotos e de lembranças do tempo em que todos se reuniam para os festejos. “Toda a comunidade sempre esteve muito presente. Os avós frequentavam as missas. Agora são os netos”, diz. A paróquia é mantida, atualmente, pelos padres Lazaristas. A senhora Raimunda Fernandes, membro da pastoral do batismo, começou a frequentar o local quando tinha apenas 4 anos e de lá para cá não deixou mais de ir, de fazer amigos e de ter sua vida social. “Tudo meu passou pela Igreja, minha vida está aqui. Esse centenário é muito importante, pois não valoriza somente o templo, mas também aqueles que fizeram parte dele”, comenta.
Atualmente, a Paróquia de Nossa Senhora dos Remédios tem os seguintes limites: ao norte, avenida Jovita Feitosa e rua Padre Guerra; ao sul, avenida Luciano Carneiro e rua Assunção; ao leste, ruas Instituto do Ceará e Silva Jardim; a oeste, avenida Eduardo Girão e rua Tiradentes.

Até o dia 12
A programação do centenário da Paróquia dos Remédios teve início no dia 15 de agosto, com a celebração de uma missa em ação de graças tendo à frente o pároco Fernando Barbosa. No dia 18 do mês passado, após a missa, foi inaugurada uma exposição de móveis antigos, bíblias, fotos, um relicário com ossos de santos e beatos vicentinos, pinturas sacras do artista plástico Gerson Farias e um mural de luzes com a antiga imagem da padroeira. Na ocasião, padre Fernando fez o envio dos missionários para evangelizar nas comunidades do Benfica, Gentilândia e Parque Araxá. Os festejos da padroeira acontecem entre os dias 3 e 12 de outubro, sob o lema “Fazei tudo o que Ele vos disser”, constando de missas, novenário, palestras, caminhadas e a tradicional procissão, quando a imagem de Nossa Senhora dos Remédios será conduzida por várias ruas e avenidas do Benfica, bem como barracas com venda de bebidas e comidas típicas no pátio da igreja. Maiores informações sobre a programação podem ser obtidas pelo fone (85) 3223.5644 ou através do site www.inossasenhoradosremedios.com.br.
(Transcrita do JPA - Edição 129)

Procon Fortaleza: conquistas populares

No dia 11 de setembro comemoramos a promulgação dos 20 anos do Código de Proteção e Defesa do Consumidor (CDC), ao mesmo tempo em que celebramos os cinco anos do Procon Fortaleza. Para o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), o CDC é uma lei abrangente, que trata das relações de consumo em todas as esferas: civil, definindo as responsabilidades e os mecanismos para a reparação de danos causados; administrativa, definindo os mecanismos para o poder público atuar nas relações de consumo; e penal, estabelecendo novos tipos de crimes e as punições para os mesmos.
Ao longo deste período, o Código de Proteção e Defesa do Consumidor teve 10 alterações que vão desde ajustes na redação, para deixar mais claros determinados dispositivos, até a inclusão de novas regras para cobranças de multas e para redação de contratos.
À frente da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor, denominada de Procon Fortaleza, temos a grata satisfação de, num trabalho harmonioso, contando com a indispensável colaboração do Poder Executivo, inclusive com o empenho pessoal da prefeita Luizianne Lins, desenvolver ações que são valiosas no sentido de dar maior alcance aos direitos precípuos consagrados no estatuto consumerista, permitindo, assim, que os direitos e garantias assegurados por esse jovem diploma normativo possam ser efetivados no âmbito do Município de Fortaleza.
Dentre as ações efetivadas sob o pálio do CDC e em apenas cinco anos da criação da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor, podemos destacar a implantação do Conselho Municipal de Defesa do Consumidor, órgão responsável pela deliberação das políticas públicas voltadas à proteção e defesa do consumidor, além de funcionar como responsável pelo julgamento dos recursos provenientes das penalidades aplicadas pelo Procon Fortaleza a aqueles que desrespeitam as normas dispostas no CDC e legislação esparsa sobre a matéria; a efetivação da fiscalização; o grande número de atendimentos diários na sede do órgão; as ações do Procon Itinerante e outras de não menos importância.
Destacamos também, como esforço do poder público municipal, a regulamentação
da Comissão de Procedimento Administrativo e Julgamento (CPAJ), através decreto nº 12.672 de 14 de maio de 2010. São conquistas populares das quais muito nos orgulhamos e que fazem do CDC no Município de Fortaleza um instrumento eficaz para fazer valer os direitos nele consagrados.
João Ricardo Franco Vieira
Secretário Executivo do Procon Fortaleza