domingo, 13 de junho de 2010

Bodega Virtual bombou!

A Pizzaria Bodega Virtual, localizada na Praça do Jardim América, ficou pequena para o show que fizemos sábado passado, em homenagem ao Dia dos Namorados. Voltou um bocado de gente por falta de mesas. Eu, Sérgio Melo, Carlos Vital, Iran e Léo Loredo fizemos um revesamento de vozes, violões, gaita e percussão, em clima de puro romantismo, chegando a improvisos que renderam bastante aplausos da galera. Falar nisso, além do festival de massas, e da MPB ao vivo, a Bodega Virtual contemplou os namorados com sorteios de brindes oferecidos por Déborah Cestas & Mensagens, Eli Sedução e Êxtase Confecções. Tudo isso me deu até ânimo para sair cantando por aí novamente...
Vejam, a seguir, alguns flagrantes do evento feitos pela fotógrafa Ju Liane:

Comecei com gosto de gás, cantando "Como é grande o meu amor por você"...

Carlos Vital, Sérgio Melo e eu misturando vozes, violões, gaita e percussão

Meus amigos Antônio Medeiros e Magela (de costas para o crime), com suas respectivas esposas

Dayane, Manuela, Evylin, Emylle e André formaram uma das mesas animadas

7 comentários:

Neto Fontenele disse...

Poxa, nem deu para ir...Como foi lá? Deve ter sido muito bom!!!

Joanice Sampaio disse...

Jura,
Esse negócio de cantar por é uma cachaça das boas, um bichinho que graças a Deus não deixa em paz.
Há seis anos que eu não fazia nada nesse sentido, agora graças a Deus, tô caminhando de novo. Criei esse projeto tributo a Rita Lee, que é bem aceito e em nome de Jesus vamos percorrer bons espaços dessa cidade.
Parabéns

JM disse...

Com certeza, amiga!
Se vc quiser, podemos armar um esquema para apresentar esse projeto na Bodega Virtual. O Régis é meu amigo e tá tentando transformar o local em um espaço cultural. Pensa nisso.

Larisse Fontenele disse...

Quando vc for cantar novamente pode nos chamar q vamos comparecer...Já tínhamos um compromisso marcado, por isso não deu p írmos...

Verônica Diogo disse...

O Del demorou demais! Não tive coragem de ficar.
Abraços!

Morpheus disse...

Foi uma noite memorável com muita sonoridade e talento. Fluiu naturalmente sem precisarmos nos pendurar em repertorio clichê, pairando assim um consenso mutuo de que estávamos ali por boa música com clássicos da MPB de antes e de hoje. Ainda a mais aventuras pela frente como esse grande encontro que foi eu, juracy mendonça, carlos vital, Iran e Léo Loredo.

O cenário da música atual é bem caótica e sente carência de músicos da linha artística e não tão comercial. Tiramos várias composições de grandes artistas e na próxima vamos somar nossas próprias autorias que tanto eu, juracy e caL escondemos na manga e que batizaremos as noites com uma identidade musical que cada vez mais o público de fortaleza e o Brasil irão conferir.

Pra completar só digo "Palmas pra música regional e do nosso Brasil".

Gerardo Anésio disse...

Vi as fotos, o cantor das grandes platéias está de volta!!!